25 de jun de 2009

Sonegar

Sim, sempre usei as últimas matérias dos cadernos para escrever bobagens. Aqui não vai ser diferente. Eis um texto referente ao trabalho (os erros de um programador meia-boca
ao fazer remendar
o sistema de digitação de notas): uma paródia de "Fátima", do Capital Inicial.


Sonegar

Vocês esperam o bom-senso do governo
Mas a reforma tributária vai ficar por fazer
Vocês se perdem no meio de tanto imposto
Seja na hora de pagar ou na dos cálculos entender
E vocês arrumam seus programas - é ilusório
Esperar que tudo funcione desta vez
Mas acontece que tudo tem imposto
E o cálculo sempre muda, eu tenho pena de vocês

E a margem de valor agregado!
Nota Fiscal não foi Deus quem fez
São portarias e portarias, portarias CAT
O validador diz: não foi desta vez!
Vou tentar mais uma vez
Os cálculos acertar
Na digitação de notas vou mexer
Mas será que vai bastar?

Eles resolveram o problema pra sempre arrecadar
fazendo pagar o importador e a fábrica
Deveriam avisar para todo mundo
Que o imposto está escondido pra ninguém So-ne-gar!
E de repente não se cobra mais nada
É que o imposto alguém já pagou
No preço já foi embutido
O imposto e o consumidor nem notou

Nenhum comentário: