7 de nov de 2008

Aprendendo a fazer a monografia

Creio que em todo este período da monografia, de julho a novembro - desde o pedido do projeto para ingresso na disciplina do projeto até hoje -, este é o momento em que realmente entendo o que estou fazendo. Um recorta e cola, seguido de costura; uma colcha de retalhos com sentido, olhando de longe temos uma colcha. Os livros? Não os leia por inteiro, use os índices, passe os olhos e extraia o que lhe interessa. Os artigos? Leia também, e vá até suas referências, e acesse-as se preciso; só tenha o cuidado de não seguir TODAS as indicações que aparecerem, senão você se perderá nas conexões entre os textos e terá muita coisa para ler - o que pode não caber no seu tempo. Converse sempre com o orientador, e vá aprimorando seu trabalho em "versões": aqui é uma sugestão minha, já que tive problemas pelo fato do orientador, atarefado, só poder ler e dizer o que eu deveria ajustar no meu trabalho TRÊS semanas depois dele entregue, isso em outubro; e aqui estou eu, no mês final, a menos de 2 semanas da entrega, correndo para ajustar o que ele me passou, e incluindo os capítulos derradeiros.
A questão do objetivo é fundamental. Com ele na mão, você vai ao livro e vê direto o que precisa, descarta ou inclui determinado artigo na leitura do resumo e das referências.

Nenhum comentário: